Nova pesquisa diz que isso torna as pessoas mais inteligentes

Uma recente pesquisa realizada pela Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, descobriu que  fazer 'aquilo'  pode  estimular o crescimento de células cerebrais. O estudo também descobriu que o stress é um dos maiores inibidores do desenvolvimento dos neurônios. A experiência realizada em ratos e camundongos revelou que o 'ato delicioso' poderia torná-los mais inteligentes,  agindo na função cognitiva com o aumento de neurônios recém-chegados no hipocampo, região onde as memórias de longo prazo são feitas. Os ratos foram analisados durante meia hora em um estudo que concluiu que a 'relação picante' pode estimular a neurogênese adulta (desenvolvimento dos neurônios) e, assim, restaurar a função cognitiva.

É bom lembrar que camundongos e humanos têm planos corporais e fases de desenvolvimento similares. Não à toa, os bichinhos são testados antes de qualquer experimento envolver seres humanos.


INSCREVA-SE E RECEBA NOVIDADES:

Google+

Recentes

Sobre nós

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque sed felis. Aliquam sit amet felis. Mauris semper, velit semper laoreet dictum, quam diam dictum urna, nec placerat elit nisl in quam.
Etiam augue pede, molestie eget, rhoncus at, convallis ut, eros. Aliquam pharetra. Nulla in tellus eget odio sagittis blandit. Maecenas at nisl.