Gato que fugiu de casa Percorre 3.800 km na Australia!


CLONCURRY - Um gato australiano de nome Clyde, que fugiu de casa em 2006, na Tasmânia, passou três anos vagando pelas ruas até ser encontrado a 3.800 km de onde partiu, em Cloncurry, norte do país.

O gato, da raça himalaia, foi identificado pelos donos por causa de um microchip que havia sido implantado nele.
O felino foi um presente de aniversário que Ashleigh Sullivan, agora com 19 anos, recebeu, mas Clyde logo em seguida desapareceu de casa.
"A família colocou cartazes por toda a Tasmânia com fotos do gatinho perdido. Agora, eles não estão apenas felizes, estão completamente abismados", comentou a veterinária Donna Weber, que cuidou de Clyde.
Weber explicou que Clyde deve ter vivido os últimos anos como um gato selvagem, mas que se encontra em bom estado de saúde.
A família acredita que o gato de quatro anos deve ter sido levado inadvertidamente por turistas que atravessam o país e, quando percebem o passageiro inesperado, acabam levando com eles, pois não sabem a quem devolver o animal.
INSCREVA-SE E RECEBA NOVIDADES:

Google+

Recentes

Sobre nós

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque sed felis. Aliquam sit amet felis. Mauris semper, velit semper laoreet dictum, quam diam dictum urna, nec placerat elit nisl in quam.
Etiam augue pede, molestie eget, rhoncus at, convallis ut, eros. Aliquam pharetra. Nulla in tellus eget odio sagittis blandit. Maecenas at nisl.